terça-feira, 27 de julho de 2010

TRABALHO EM EQUIPE

video

Este vídeo é fantástico para aprendermos um pouco mais sobre trabalho em equipe, união, força de vontade e iniciativa. Vale a pena!

segunda-feira, 26 de julho de 2010

VOCÊ É INSUBSTITUÍVEL

Se a nota dissesse:

"Não é uma nota que faz a música" ... não haveria sinfonia.

Se a palavra dissesse:

"Não é uma palavra que faz uma página" ... não haveria livro.

Se a pedra dissesse:

"Não há pedra que possa montar uma parede" ... não haveria casa.

Se a gota dissesse:

"Uma gota d'água não faz um rio" ... não haveria oceanos.

Se o grão disser:

"Não é um grão que semeia um campo" ... não haveria collheita.

Se o homem disser:

"Não é um gesto de amor que pode salvar a humanidade" ... jamais haverá justiça, paz,

dignidade e felicidade na Terra.

Assim como a sinfonia precisa de cada nota;

Assim como o livro precisa de cada palavra;

Assim como a casa precisa de cada pedra;

Assim como o oceano precisa de cada gota d'água;

Assim como a colheita precisa de cada grão de trigo...

A humanidade precisa de Você!

E precisa de Você onde você estiver, único e, portanto, insubstituível.

E Você? O que está esperando para se comprometer?

O mundo precisa de nosso comprometimento para ser o mundo que todos queremos,

desejamos e merecemos.

Pense nisso!!!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Sua vida está difícil?

Uma filha se queixou a seu pai sobre sua vida e de como as coisas estavam tão difíceis para ela. Ela já não sabia mais o que fazer e queria desistir. Estava cansada de lutar e combater.

Parecia que assim que um problema estava resolvido um outro surgia. Seu pai, um "chef", levou-a até a cozinha dele. Encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto. Logo as panelas começaram a ferver. Em uma ele colocou cenouras, em outra colocou ovos e, na última pó de cevada. Deixou que tudo fervesse, sem dizer uma palavra.

A filha deu um suspiro e esperou impacientemente, imaginando o que ele estaria fazendo.

Cerca de vinte minutos depois, ele apagou as bocas de gás. Pescou as cenouras e as colocou em um prato. Retirou os ovos e os colocou em uma tigela. Então pegou a cevada com uma concha e o colocou em uma caneca.

Virando-se para ela, perguntou "Querida, o que você está vendo?"

- "Cenouras, ovos e café," ela respondeu.

Ele a trouxe para mais perto e pediu-lhe para experimentar as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Ele, então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse. Ela obedeceu e depois de retirar a casca verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, ele lhe pediu que tomasse um gole da cevada. Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso.

Ela perguntou humildemente: "O que isto significa, pai?"

Ele explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade, a água fervendo, mas que cada um reagira de maneira diferente. A cenoura entrara forte, firme e inflexível. Mas depois de ter sido submetida à água fervendo, ela amolecera e se tornara frágil. Os ovos eram frágeis. Sua casca fina havia protegido o líquido interior. Mas após terem sido colocados na água fervendo, seu interior se tornou mais rijo. O pó de cevada, contudo, era incomparável. Depois que fora jogado na água fervente, ele havia mudado a água.

"Qual deles é você?" ele perguntou a sua filha. "Quando a adversidade bate a sua porta, como você responde? Você é uma cenoura, um ovo ou um pó de cevada?"

E você? Com que mais parece?

Você é como a cenoura que parece forte, mas com a dor e a adversidade você murcha e se torna frágil e perde sua força?

Será que você é como o ovo, que começa com um coração maleável? Você teria um espírito maleável, mas depois de alguma dor, sofrimentos, adversidades, você se tornou mais difícil e duro? Sua casca parece a mesma, mas você está mais amargo e obstinado, com o coração e o espírito inflexíveis?

Ou será que você é como o pó de cevada? Ele muda a água fervente, aquilo que está trazendo a dor, para conseguir o máximo de seu sabor, a 100 graus. Quanto mais quente estiver a água, mais gostosa se torna a cevada.

Se você é como o pó de cevada, quando as coisas se tornam piores, você se torna melhor e faz com que as coisas em torno de você também se tornem melhores.

Como você lida com a adversidade?

Você é do tipo cenoura, ovo ou café?

Os 3 leões

Era uma vez três leões.


Num dia, o macaco, representante eleito dos animais súditos, fez uma reunião com toda a bicharada da floresta e disse:

- Nós, todos os animais, sabemos que o leão é o rei dos animais. Mas há uma dúvida no ar... Existem três leões fortes. Ora, a qual deles devemos prestar homenagem? Quem dentre eles deverá ser o nosso rei?

Os três leões souberam da reunião e comentaram entre si:

Os 10 mandamentos do otimista

1. Sempre diga que hoje é o melhor dia da sua vida; portanto, não o sobrecarregue com lembranças dolorosas do ontem, nem com temores covardes do amanhã. Viva cada dia com entusiasmo e intensidade.

________________________________________

2. Construa você mesmo a sua vida: não permita que opiniões e erros alheios te conduzam ao fracasso.

A ratoeira na casa

Um rato olhando pelo buraco na parede vê o fazendeiro e sua esposa abrindo
um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali. Ficou
aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira.
Foi para o pátio da fazenda advertindo a todos:
"Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa."
A galinha, que estava cacarejando e ciscando, levantou a cabeça e disse:

Acredite em você

Sempre num lugar por onde passavam muitas pessoas, um mendigo sentava-se na calçada e ao lado colocava uma placa com os dizeres: "Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito, sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado"

Alguns passantes olhavam-no intrigados, outros o achavam doido e outros até davam-lhe dinheiro. Todos os dias, antes de dormir, ele contava o dinheiro e notava que a cada dia a quantia era maior.

A Vida

Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade.

Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver, um trabalho não terminado, uma conta a ser paga. Aí sim, a vida de verdade começaria.

Por fim, cheguei a conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade.

Essa perspectiva tem me ajudado a ver que...